Reflexões sobre as Presidenciais em São Tomé e Príncipe

Um grupo de são-tomenses residentes no Reino Unido encontrou-se no passado dia 9 de Julho, no Hotel Holiday, para discutir temas da atualidade são-tomense, mais concretamente das eleições presidenciais que irão acontecer no próximo fim de semana, 17 de julho.

Europa -
Reino Unido

O referido hotel, em Canning Town, na zona leste de Londres, foi o palco escolhido para esta reflexão que demorou aproximadamente três horas de muito boa disposição entre os presentes.

O “tema quente” do encontro foi sobre quem será o próximo presidente eleito pelos são-tomenses, dentre os cincos candidatos: Manuel Pinto da Costa, Maria das Neves, Evaristo  Carvalho, Hélder Barros ou Manuel do Rosário. “Foi uma reflexão profunda sobre o passado, presente e o futuro das ilhas“, acrescentou o sociólogo são-tomense residente em londres, Adalberto Cravid.

No encontro, os presentes puderam discutir sobre uma possível revisão na Constituição da República, a política externa e a importância do papel da diáspora são-tomense no desenvolvimento do país.

Durante o encontro, registou-se um grande entusiasmo da diáspora são-tomense no Reino Unido em vir a ter um papel mais participativo nas decisões do país. É de realçar que os são-tomenses residentes no Reino Unido não poderão ir a votos porque não se realizou o recenseamento no país. A comunidade são-tomense no Reino Unido tem crescido dia após dia e  existem aproximadamente 16 mil são-tomenses, segundo as palavras do Primeiro Ministro Patrice Trovoada na apresentação do “STP in London”.

Alguns são-tomenses residentes no Reino Unido e recenseados em Portugal terão que viajar até as terras lusas para cumprirem assim  o seu dever cívico.

Em unanimidade, os presentes rogaram o slogan “Estabilidade para desenvolvimento“.

Comentar
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais nem utilize linguagem imprópria.

Últimas

Topo