“O nosso Presidente da República devia ser um pouco mais pró-ativo.” Tozé Cassandra respondeu Perguntas Incómodas

Notícias -
Cassandra

Presidente do Governo Regional do Príncipe

“Eu julgo que o Presidente da República ( nosso Presidente) no meu ponto de vista devia ser um pouco mais pró-ativo. Ele devia chamar mais também à ele esse processo, até mesmo pedir diariamente informações sobre o processo de Covid para poder acompanhar […] “Ele devia estar mais próximo” defendeu Tozé Cassandra que diz compreender que o Presidente da República “queira se proteger” por ser “cidadão já de risco”.

José Cardoso Cassandra, mais conhecido por Tozé, esteve no programa “Perguntas Incómodas” para o balanço dos seus 14 anos enquanto presidente do Governo da Região Autónoma do Príncipe (RAP).

Durante o programa, o Presidente do Governo Regional afastou a possibilidade de qualquer luta pela independência da Região Autónoma, falou de conquistas e desafios da RAP na última década; falou sobre a sua possível candidatura para Presidente da República e explicou também a eleição de Filipe Nascimento para Presidência do partido UMPP e do Governo Regional.


Tozé Cassandra explicou como o Governo Regional está a travar a luta contra a Covid-19 e referiu que o “país devia ter feito mais” para evitar a entrada da doença no território Nacional.

Veja a entrevista com Tozé Cassandra

Comentar
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais nem utilize linguagem imprópria.

Últimas

Topo