MESARO Aurora

Primeiro-ministro garante aumento da pensão mínima para 800 dobras a partir deste mês

O primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus, anunciou hoje que o Governo vai aumentar já a partir deste mês a pensão mínima, de 600 para 800 dobras com o objetivo de melhorar as condições de vida dos mais vulneráveis.

País -
Jorge Bom Jesus, primeiro-ministro

“A nossa maior preocupação é com as pessoas. O Governo está ao serviço das pessoas e, naturalmente, sobretudo numa situação em que as pessoas estão mais vulneráveis”, disse o primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus, , no final de uma visita ao Instituto Nacional de Segurança Social (INSS).

Segundo o chefe do Governo o aumento enquadra-se no âmbito das ações da cidadania, que o executivo tem vindo “a fazer já há algum tempo relativamente à proteção social, apoio às famílias vulneráveis” e “às pessoas com deficiência”.

“É papel do Estado, de facto, amparar essas classes, e é nesse sentido que estamos aqui para ver as possíveis melhorias também”, afirmou Jorge Bom Jesus.

O primeiro-ministro que se fez acompanhar na visita pelos ministros do Plano e Finanças e do Trabalho, Solidariedade e Família, reconheceu a existência de “problemas de arrecadação das receitas”, por isso destacou a necessidade de todos efetuarem os descontos devidos à Segurança Social.

“Com a pandemia houve um grande impacto na vida das pessoas e naturalmente o nosso papel é também de mitigação, à semelhança daquilo que o Governo já vem fazendo. Há um novo estatuto da segurança social. Portanto, há novas medidas que vão ser tomadas. Há alguns aspetos, talvez mais coercivos no sentido de obrigar, sobretudo às empresas a cumprirem aquilo que são os seus deveres”, concluiu.

Últimas

Topo