MESARO Aurora

Esterline Género lança novo livro intitulado “Diplomacia são-tomense no feminino”

“É preciso conhecer o papel dessas profissionais no feminino e que de certa maneira representa o Estado há vários níveis”, defendeu o autor.

Educação -
Esterline Género

O escritor é diplomata são-tomense, Esterline Género apresentou, na quinta-feira, 18 de agosto, o seu novo livro intitulado, “A Diplomacia são-tomense no feminino”, considerado como uma obra pioneira nesta temática no contexto são-tomense sobre a participação das mulheres na política externa e na diplomacia do país.

“Eu creio que a obra é pioneira na medida em que traz um assunto que é justamente a diplomacia no feminino, a diplomacia são-tomense como um todo. Muitas vezes discutimos nas dissertações, nas teses académicas, mas em formato livro parece-me ser a pioneira, então seria a primeira mais-valia”, disse o escritor, Esterline Género.

Esta é a quarta obra do diplomata são-tomense, que no ano passado lançou o livro “Trindade, referências biográficas d´outrora”. Segundo o autor o livro “a diplomacia são-tomense no feminino” começou a ser escrito desde 2008.

“É preciso conhecer o papel dessas profissionais no feminino e que de certa maneira representa o Estado há vários níveis. Como vê, nós procuramos diferenciar o que é a mulher na diplomacia e o que é a mulher diplomata, mas todas elas concorrem para o mesmo objetivo”, disse Género.

O livro de 68 páginas é também um reconhecimento para as mulheres em vários domínios, especificamente no dominio da diplomacia.

“Incentivar igualmente outros colegas a fazerem o mesmo, que não seja necessariamente a diplomacia, se for ainda melhor, na medida em que isso certamente mexe também com a minha profissão, mas de certa maneira acabar com os tabús e mostrar que de facto existem muitas pessoas a colaborar para o desenvolvimento do país e que nem sempre são tidas em conta”, disse o autor.

O lançamento do livro surge no âmbito do primeiro aniversário da Livraria Nón que será comemorado no dia 05 de outubro. A apresentação da obra foi feita pela escritora são-tomense Conceição Lima.

Esterline Gonçalves Género, nasceu em São Tomé a 29 de abril de 1981, é natural de Água D´agô – Cidade da Trindade, Distrito de Mé-Zochi.

É coordenador de curso de licenciatura em Ciência da Comunicação no Instituto Superior de Educação e Comunicação da Universidade de São Tomé e Príncipe e é também Secretário geral da Academia de Ciências de São Tomé e Príncipe e Avaliador do Ensino Superior de São-Tomé e Príncipe, entre outra funções.

O autor já publicou quatro livros, nomeadamente “Introdução a História Diplomática de STP”, “São Tomé e Príncipe e o seu Futuro – Um olhar atento à União Africana”, Novas Edições Académicas, Volumes I, II e III, “Trindade, referências biográficas d´outrora” e o mais recente “A diplomacia são-tomense no feminino.”

Comentar
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais nem utilize linguagem imprópria.

Últimas

Topo