MESARO Aurora

Militares portugueses capacitam Forças Armadas Santomenses em Saúde Militar

Uma equipa de seis militares da Unidade de Ensino, Formação e Investigação da Saúde Militar (UEFISM), iniciou, em 03 de outubro do corrente ano, um curso de três semanas às Forças Armadas Santomenses, com o objetivo de implementar um Programa de Formação em Saúde Militar para preparação de um núcleo inicial de até 12 formadores.

Notícias -
saude militar

Serão ministrados diversos módulos relacionados com emergências médicas, trauma, suporte básico de vida adulto e pediátrico e emergência em combate, alguns dos quais certificados pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Todo o material de formação e equipamentos de simulação utilizados neste programa serão no final doados ao Centro de Saúde Militar de S. Tomé e Príncipe, de modo a impulsionar o arranque da atividade autónoma de formação.

Pretende-se que a Saúde das Forças Armadas de São Tomé e Príncipe fique apta a prosseguir com o processo formativo que, pelo seu caráter modular, poderá ser desenvolvido no âmbito das Forças Armadas ou junto da população civil são-tomense.

A equipa portuguesa, composta por formadores certificados, constitui-se como a nova estrutura de formação em Saúde Militar do Estado-Maior-General das Forças Armadas de Portugal e integra, em São Tomé e Príncipe, a missão do navio patrulha “Zaire”, em reforço das suas ações de capacitação das Forças Armadas daquele país.”

Fonte: Embaixada de Portugal

Comentar
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais nem utilize linguagem imprópria.

Últimas

Topo