MESARO Aurora

Direção da Cultura realiza concurso de STLEVA

Segundo o Diretor da Cultura São-Tomense Nélson Campos, “o concurso tem como objetivo promover a cultura do país que tem sofrido uma queda a cada dia que passa, daí ter-se resolvido fazer esta atividade para manter viva a cultura”.

Cultura -
Ministério da Educação Cultura e Ciências de São Tomé e Príncipe

Uma iniciativa que visa sobretudo chamar a atenção da população para a valorização da cultura são-tomense.

A Direcção da Cultura, através do Ministério da Educação Cultura e Ciências de São Tomé e Príncipe, organizou no passado domingo dia 5 de Abril, o Concurso Nacional de STLEVA, uma iniciativa que visa sobretudo chamar a atenção da população para a valorização da cultura são-tomense.

O mesmo concurso, que teve lugar na capital são-tomense mais concretamente na praça YonGato, teve a participação de três grupos, nomeadamente o grupo “Plapa Téla” , o grupo “Americano” e o grupo de jovens “GMC”, que cantaram e encantaram multidões de pessoas que passavam e assistiam à realidade são-tomense sendo cantada por esses grupos culturais.

Segundo o Diretor da Cultura São-Tomense Nélson Campos, “o concurso tem como objetivo promover a cultura do país que tem sofrido uma queda a cada dia que passa, daí ter-se resolvido fazer esta atividade para manter viva a cultura”.

Por outro lado, Nélson Campos, acrescentou ainda “que muitas representações culturais de São Tomé e Príncipe têm caído no esquecimento, e por isso a Direção da Cultura, através do Ministério da Educação Cultura e Ciências, irá criar mecanismos que possam dar uma nova dinâmica na cultura de São Tomé e Príncipe.”

Também Armindo Aguiar, Historiador São-Tomense, que esteve presente na mesa do Júri, fez um breve resumo do que consiste a Stleva partilhando que “durante o séc. XX, a sociedade são-tomense caracterizou-se pela organização das atividades culturais e de uma maneira geral foi deixando traços e marcas entres os nativos, sobretudo as músicas e danças. Assim e contrariamente aos outros povos africanos, em São Tomé e Príncipe, foram assumindo relevância géneros musicais de ritmo suave. Destacaram-se nesse género na ilha de São Tomé o Socopé,o macumbé e a ússua; na ilha do Príncipe a deixa.”

O grupo “Plapa Telá” foi o grande vencedor do concurso e mostrou-se bastante feliz com a vitória, enaltecendo a iniciativa da Casa da Cultura em promover este concurso que trouxe mais valor para cultura são-tomense, e para o género da stleva. O grupo “Americano” ficou em segundo lugar, e na voz do seu representante Domingos Moreno também destacou a iniciativa da Casa da Cultura dizendo “que este concurso abre um novo caminho para Stleva.” Já em terceiro ficou o grupo juvenil GMC; o jovem Gilsom, um dos integrantes do grupo, frisou que “o objetivo foi apenas participar e encorajar os jovens a valorizam o que é nosso”.

A competição contou com três prémios para os vencedores e também prémios de participação, embora apenas três grupos se tenham inscrito para o concurso.

Comentar
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais nem utilize linguagem imprópria.

Últimas

Topo