MESARO Aurora

Deputado ausculta estudantes universitários de Lembá e garante encontro com a Ministra da Educação

O passe escolar custa cerca de 150 dobras. Sem o autocarro os alunos pagam o táxi por 60 dobras diários.

Notícias -
Rádio Somos Todos Primos

Um grupo de jovens estudantes universitários do distrito de Lembá, encontrou-se, este domingo, 25 de outubro, com um dos deputados do partido MLSTP do Distrito de Lembá. Rui Cardoso falou com os estudantes para se inteirar sobre os seus problemas, particularmente sobre a suspensão de autocarro que facilitava a deslocação para as aulas nas Universidades na capital do país.

Segundo um dos membros da comissão dos estudantes universitários de Lembá, “o deputado garantiu que os estudantes serão recebidos pela Ministra da Educação durante a próxima semana.”

Estes estudantes tinham uma manifestação prevista para esta segunda-feira, 26 de outubro, mas que foi suspensa. “Nós suspendemos a manifestação. O deputado depois de ver a entrevista na RSTP pediu uma audiência connosco.” Segundo estes estudantes, neste encontro “levantou-se também o problema de bolsas de estudos que em muitos casos os estudantes de Lembá não beneficiam”.

Mais de 100 jovens do distrito de Lembá que frequentam Cursos Superiores nas Universidades da Capital do país viram os seus sonhos condicionados no início deste ano letivo porque o Ministério da Educação suspendeu o autocarro escolar pelo facto de não haver mais alunos do secundário com necessidades de se deslocarem para as escolas da capital. O passe escolar custa cerca de 150 dobras. Sem o autocarro os alunos pagam o táxi por 60 dobras diários.

Para encontrar solução para este problema estes jovens afirmam que solicitaram encontros com o Ministério da Educação e o Presidente da Câmara Distrital de Lembá, mas não tiveram sucesso. Depois da entrevista na RSTP, vários jovens do distrito de Lembá, sobretudo os residentes na diáspora, mostraram-se indignados com a situação.

Últimas

Topo