MESARO Aurora

REPORTAGEM: Lojas “Mundo das Tintas e J Modas’ e cambistas dão nova imagem a Rua Viriato da Cruz

A rua Viriato da Cruz, nos arredores da praça da independência, ganhou novo rosto, graças ao trabalho comunitário dos cambistas e o patrocínio das lojas Mundo das Tintas e J Modas que promoveram uma ação de limpeza, incluindo a colocação de passadeira neste local com objetivo de contribuir para melhorar a imagem da cidade de São Tomé.

País -
Rua Viriato da Cruz

“Nós decidimos ter essa iniciativa de contribuir para ajudar o nosso país”, disse à RSTP,  o conselheiro da Associação de Cambistas, João Veloso recordando que a “a cidade tem que ser limpa” como já foi em tempos quando se falava bem da cidade que agora está numa “situação degradante”.

Dezenas de homens agarraram nas vassouras, pás e mangueiras, limparam a estrada, lavaram os passeios, e em parceria com o Instituto Nacional dos Transportes colocaram passadeiras graças ao patrocínio das lojas Mundo das Tintas e a J Modas que funcionam nesta rua.

Pessoas limpando a Rua Viriato da Cruz

Vários membros da Associação dos Cambistas que abraçaram esta iniciativa deixaram apelo para que o exemplo seja seguido por outros grupos e associações de outras localidades do país, contrariando a ideia de que “tudo deve ser feito apenas pela Câmara ou pelo Governo”.

“Se nós fossemos todos unidos a fazer tipo deste trabalho o país ia para frente. Não é preciso só o Governo. Como nós fizemos essa rua, se outro grupo fizer noutra rua, daqui a dois, três meses cidade toda fica limpa”, realçou o cambista Osvaldo Correia.

Passadeira na rua Viriato da Cruz

“Lamentavelmente, tentei contactar outras empresas que estão cá nos arredores (porque é um bocado feio nós termos uma passadeira, ao invés de termos quatro), mas eles não aderiram a esse pedido, mas, no entanto, eu espero que depois de verem o trabalho feito haja motivação para o efeito”, disse o diretor-executivo do Instituto Nacional dos Transportes Terrestres, António Ramos.

Segundo o representante da loja Mundo das Tintas, Moussa Halawi que foi o promotor da iniciativa, esta ação de limpeza faz parte de um processo para dar “outra visão” a rua, após todos os proprietários de outras lojas terem sido convidados a pintarem os seus edifícios.

Limpeza na Rua Viriato da Cruz

“Aqui é nossa casa, é o lugar onde ganhamos o nosso pão, então temos sempre que manter limpo porque a cidade também é nossa”, salientou o representante da loja Mundo das Tintas, Moussa Halawi.

“Nós iniciamos, creio que outras lojas também devem fazer igual para limparmos a nossa cidade, porque como se diz “uã móm cá laba outlo, pa doçu fica limpo (uma mão lava a outra para as duas ficarem limpas (tradução informal da frase dita em crioulo fôrro).

Últimas

Topo