Conselho Superior de Magistratura ordena Pascoal Daio a cumprir a lei

O órgão que regula a atividade dos magistrados “instou o presidente do Tribunal Constitucional e todo o plenário” daquele órgão a resolver o impasse sobre a recontagem de votos das eleições presidenciais nos termos da lei.

Notícias -
Rádio Somos Todos Primos

 A decisão do Conselho Superior de Magistratura Judicial (CSMJ) foi tornada pública, esta manhã, pelo Presidente da República, Evaristo Carvalho, que havia solicitado ao CSMJ a reposição da normalidade no TC. Evaristo Carvalho leu a ata da reunião do CSMJ durante a abertura da reunião que decorre neste momento no Palácio Côr-de-Rosa, entre os órgãos de soberania e os cinco juízes do Tribunal Constitucional.

De acordo com a lei, segundo o CSMJ, “o Tribunal Constitucional só pode funcionar estando presentes a maioria dos respetivos membros em efetividade de funções, incluindo o presidente ou o vice-presidente” e “as deliberações são tomadas a pluralidade dos membros”.

Comentar
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais nem utilize linguagem imprópria.

Últimas

Topo